Pesquisar este blog

Meu coração não me cobra nada.

A mente me cobra ser tanta coisa...,

a mente quer que eu me defina,

que eu me impunha, 

que eu me auto afirme.

Já meu coração nada me cobra,

porque nada conceitua, 

aceita como eu sou,

faz com que eu ame 

e me respeite assim como sou,

meu coração é uma mãe

que nada espera de mim,

apenas me deseja todo o bem...

Por isso estou aprendendo a morar dentro do meu peito,

dentro no meu coração que não espera que eu me autoafirme,

apenas me deixa existir feito um menino

que vai de mãos dadas a uma mãe que ninguém vê,

mas ela está ali, dentro no coração. 


J.Nunes 



Habitar no coração

 Olhe para dentro

e observe seus pensamentos e seus sentimentos,

isso resultará em sentir se como observador e observado,

depois sentirá que há alguém dentro de você

que observa o observador e o observado,

e mais ao fundo outro que observa 

o observador, o observado e o observador dos observados.

Esse aprofundamento resulta sempre no fundo de si mesmo

como um processo infinito de observador e observado.

Depois que descobrir que há sempre um observador

querendo SER definido como o último observador,

saberá que a consciência observa o observador

 e é observada por si mesma 

num processo infinito de observadora e observada de si mesma. 

Depois de ir tão longe, habite no seu coração

fique em paz no seu coração

que não precisa se definir que é,

que não tem necessidade de se autoafirmar;

como um filho, que aos pais,  não precisa encenar ser. 

O pai conhece o coração do filho,

do mesmo modo, nosso coração sabe quem somos

e não cobra nada! 

Encontre a paz de ser morando no coração. 


J.Nunes 

  

 

Forasteiro alegre

 Não vou longe,

estou entre essa gente na rua,

me sinto tão perto desse povo

como nunca senti;

sou igual a essa gente na rua,

porém meu espírito 

não está preso a nada,

estou livre com um forasteiro alegre 

em qualquer lugar do mundo.

Aprendi a estar entre essa gente

e perto do espírito livre e alegre

porque não pertenço a lugar nem um. 

Já quis distância desse povo,

mas descobri que era preso a um mundo possível

e idealizado, me livrei da idealização do mundo

e me encontrei no meio dessa gente,

livre como nunca fui.

J.Nunes 

Presença de espirito.

 Nem ontem.

Nem hoje,

Nem mesmo o agora,

Nada mais que a presença de espírito 

no corpo e na mente.

A presença de espitito está livre

do tempo e do espaço, 

e de qualquer afirmação de ser.

J.Nunes  

Encaixotar tempo

 Essas paredes 

encaixotam espaços,

assim concluímos que existe um espaço 

enorme entre as paredes.

Existo e ocupo espaço,

mas existo tão sólido

que me separo de mim o quanto

me separo da história que invento,

existo não abstrato e disperso na mente

que sou a história que invento

ou essas circunstancias que chamo de minha vida,

mas qualquer outra circunstância também seria minha vida,

Tenho que decidir entre isso e aquilo,

decidir é um prisão semelhante a dúvida,

nunca estamos certos,

apenas devemos escolher porque a vida é binária,

e a existência do mundo tridimensional depende 

de nossa decisão entre isso e aquilo.

O tempo nada mais é que a duração das coisas no espaço. 


J.Nunes  


Duas pessoas silenciosas

Forma de som O problema todo é existir..., saber que existo, ter consciência disso. Tentar não existir e ter consciência que existo, é tão c...