Pesquisar este blog

Esperar

Espere o vento,

espere a chuva

depois espere o sol;

tudo pode esperar e ser esperado.


É sempre um esperar após o outro,

esperar deveria ser natural

já que vivemos sempre a esperar

uma coisa, depois outra.


Só não me faça esperar

pelo seu amor,

é urgente amar e ser amado.

Igual uma onda após a outra,

Eu te espero vir me amar,

depois te espero de novo vir me amar.


José Nunes Pereira 

Se faz de Rogada

 Pedi muito sua presença na hora do jantar,

implorei pelo seu amor,

deixei alguns sonhos,

mas você sempre se faz de rogada,

sempre se faz de necessária,

me socorre sempre depois que imploro,

depois que vê lágrimas nos meus olhos,

parece que está sempre me colocando a prova,

parece  que está sempre testando o limite

do meu amor e do meu ciúme. 

Pedi sua presença aqui na cama,

mas você se faz de desentendida,

se faz de rogada.

Me deixei abater por essa avidez de atenção,

você com sua pretensão

conseguiu o que não queria;

pode procurar outro pedestal 

porque não sou o seu devoto fiel,

tenho mais o que fazer,

que morrer ao pé do seu altar.


Cai na real, você não é mais rogada,

você não é necessária, a fila anda

se manda, aproveita e se manca. 


Esquecesse aquela porta que esteve sempre aberta.


Cai na real, você não é mais rogada,

você não é necessária, a fila anda

se manda, aproveita e se manca. 

J.Nunes 

Um propósito maior

Se houvesse um apocalipse

e você fosse um sobrevivente

sem recursos em um mundo muito hostil...

Qual seria sua razão de viver!?

Talvez a própria existência

seria o suficiente para querer continuar existindo,

talvez pequenas alegrias

em coisas que seriam sem importância em outros contextos. 

Talvez seja assim mesmo,

e de acordo com as circunstâncias 

encontramos nossas razões de viver. 

Os valores das coisas e o sentido da vida 

deve estar onde colocamos.

Não me entreguei totalmente a nada...

sempre fiquei com o pensamento:

até onde podemos nos entregar,

ou colocar o sentido de nossas vidas em qualquer coisa,

sempre me pareceu que há sempre um propósito maior. 


J.Nunes

Teocentrismo e Antropocentrismo












Teocentrismo e Antropocentrismo 

Para que houvesse avanços nas ciências e nas artes 

 Foi preciso se livrar da Igreja Católica,

que passou para a história 

com o próprio Deus, TEOCENTRISMO,

como se a igreja fosse Deus.


A essa libertação deram o nome de Antropocentrismo,

o homem no centro do universo.

O homem se colocou, em sua imaginação, no centro do universo

onde Deus reina para todo sempre AMÉM. 


O homem nunca se distanciou de Deus 

em sua espiritualidade natural,

Chamaram de Deus a Igreja Católica. 

José Nunes Pereira 

Ter

 Não é o que dizem ou pensam de você,

o que importa é o que fica,

o que importa é o que construímos por dentro,

no entanto o que estamos fazendo por dentro

é impalpável, abstrato e incerto;

poucos possuem paciência o suficiente 

para construir o seu Castelo Interior,

pouco conseguem materializar

dentro de si o  SER.

J.Nunes

Insinuações

 Se soubesse o que tenho lá em casa,

se envergonharia de se insinuar 

para mim desse jeito.


Não é o seu olhar 

que vai me derrubar,

não é o seu sorriso

que vai me fazer deixar

o caminho que escolhi para viver.


Não é tão fácil assim,

não sou tão fácil desse jeito,

eu tenho os meus critérios,

sei muito bem o que não quero

e estou feliz com o que tenho.



Não me entenda errado,

mas não compensa

deixar o que está certo

por uma emoção que não vai durar

nem mesmo uma noite inteira.

Eu sei o que eu tenho na mão,

eu sei quem leva a sério o meu coração.


Desvie o seu olhar,

não gaste o seu lindo sorriso comigo,

não perca seu tempo jogando charme,

não sou tão fácil assim,

não sou tão fácil desse jeito.


Você não se respeita,

é uma pessoa tão permissiva...

fica ai lançando olhares, jogando indiretas...

Se você soubesse o que tenho a perder 

não faria essas insinuações,

e mesmo porque,

não sou tão fácil assim,

não sou tão fácil desse jeito.

não sou tão fácil assim.


Se soubesse o que tenho lá em casa,

se envergonharia de se insinuar 

para mim desse jeito. 


J.Nunes     

Razão de Viver

 Coloque sua razão de viver

onde bem entender,

o que não dá é viver cumprindo tabela.


Quando a morte chegar,

ela que deve ser uma outra forma de viver,

procure nessa outra forma de vida

outra razão de viver,

o que não dá é morrer cumprindo tabela.


Não tenho nada com isso,

Coloque sua razão de viver

onde bem entender,

onde bem escolher. 

J.Nunes

Cada um coloca a sua razão de viver onde bem entender

 Sentido Conotativo

Cada um coloca a sua razão de viver

onde bem entender,

não sou eu que vou dizer

se vale a pena viver e morrer

 pelo que você escolher...


Cada um coloca sua razão de viver

onde bem entender;

há quem coloca sua razão de viver

em colecionar tampinhas de garrafas, 

ou em coleção de girafas,

outros em um time de futebol,

outros na causa global...

outros num amor bandido.


Eu ainda estou escolhendo,

o que a meu ver, 

vale a pena morre e viver.


O que não se pode dizer 

é que a vida não tem sentido,

o sentido é conotativo,

é você quem coloca;

só lhe cabe julgar,

antes de se matar por um ideal,

se vale a pena colocar nele todo o seu empenho

toda a sua vida.

J.Nunes 



Observador

 De uma janela da alma observo

o observador na outro na janela,

que observa o que observa

e me observa observando tudo. 

E sou o que está em um mundo atômico,

e é a voz sem corpo,

uma voz que existe consciente de si mesma

e se distingue do mundo atômico,

numa coletividade de massa atômica

 e numa individualidade de voz.


J.Nunes

Precipitações

 A questão é sempre a mesma,

precisamos de distanciamento histórico,

temos que dar um tempo

para ver o que vai acontecer;

mas nunca temos tempo,

nunca esperamos,

sempre precipitamos,

sempre exageramos na dose,

sempre reduzimos tudo à retórica 

e sempre tiramos conclusões precipitadas.

E assim sempre fica para a história

jugar os nossos ainda vivos e os mortos.

J.Nunes 



Olhos secos e frios

 Não posso chorar, tenho que ser forte;

a falta de lágrimas endureceu meu coração

que aprendeu a olhar para as pessoas e para a vida

com olhos secos e frios secos quanto a noite no deserto.

Quase acreditei que meu coração é duro,

mas um dia a lágrima correu e derreteu o meu coração.

Recordei do amor que tive,

brotou a saudade e o sorriso desajeitado

de quem não sabe por os sentimentos em palavras,

que foram encobertos pela carapaça da solidão

e da aparente dureza do meu peito,

que não deixa meu coração ser atingido pelo amor. 

Mas um dia um lágrima correu,

deixei que ela corresse como água em um terra seca,

A lágrima correu, fez do meu coração um poço de lagrimas,

meu coração não aquentou a pressão do amor e derreteu...

Sinto que sou mais forte que antes, 

porém tenho agora a força 

e a ternura de um coração que sabe amar.

J.Nunes 



Realidade Conceitual

 Estou preso a uma realidade conceitual,

morto, 

estarei livre dessa realidade conceitual.

J.Nunes 

A Roda de Movimento Perpétuo

 A cada dia não se é o mesmo.

A água do lago depois do bambuzal;

a água estagnada e podre, 

um furação, 

ou algo mais dócil e previsível como as estações do ano,

em nada há de fato estagnação: 

a vida se alimenta da morte,  e a morte se alimenta da vida. 

Está tudo a ponto de uma revolução, uma grande explosão...

Nada é permanente e estável;

pode ser em movimentos sorrateiros,

transformações químicas, mudanças de estado;

tudo está em eterna mutação,  evolução, involução...

o movimento é perpétuo  e contínuo, feito uma roda d"água

que  nunca para, 

que se alimenta e se restaura no perpétuo movimento.

A  lei do imprevisível, a roda que tritura, 

revoluciona, levanta e faz a queda... 

está em perpétuo movimento. 

A preservação disso ou daquilo, 

a conservação disso ou daquilo

é regida pelas forças das mudanças;

O que se conserva é a essência da vida, da estruturação e da ordem,

tudo mais é triturado pela roda de perpétuo movimento. 

Se colocar conscientemente no movimento da roda

e usufruir no perpétuo movimento...

O grande desafio é navegar na grande roda 

e na frequência de seu  próprio espírito.  

José Nunes Pereira

 

A Consciência no mundo das realidades aparentes



Uma filosofia de vida em que a consciência é uma verdade atômica;

em que a visão, a audição, o tato, o olfato e o paladar

são reduzidos a uma consciência cósmica e atômica no plano físico,

resultaria em um relativismo do tudo e do nada.

A consciência dentro das realidades aparentes

é dividida em dimensões, as realidades são vistas em camadas,

e assim deve ser, cada plano têm suas leis,

e suas realidades aparentes,

a visão do todo em um plano atômico

é realização do Ser.

Semelhante a um edifício,

cada plano têm suas realidades aparentes;

o edifício pode ser comparado com o todo atômico,

ou a verdade integral de todas as coisas.

A consciência deve estar na frequência de cada plano,

e obediente a frequência de cada plano.

O homem que desprende da realidade do plano físico,

se prende a um hábito que o torna um pouco mais parte da humanidade.

O Guru fuma um cigarro e conta anedotas.

J.Nunes

O Delator

O Delator

Alguém jogou merda no ventilador,
E foi o delator,
Está todo mundo no mesmo barco,
É o sujo falando do mal lavado,
Agora só resta um pacto
Para salvar a embarcação,
Com tudo dentro:
Ratos, roubos e piratas.
E o povo, coitado!
Fica olhando tudo isso
Indignado sem norte,
Sonhando com a sorte,
Esperando um Messias
O salvador da pátria.
O povo tem que aprender
Que somos o poder,
E o governo é o nosso espelho.
Fica a sensação que somos ainda
A colônia de exploração,
Arrancam daqui para comprar
E viver lá do outro lado do mundo.
Eu não tenho partido de estimação
Por isso quero
É mais essa avacalhação,
Quero as cartas na mesa,
Quero ver tudo no chão,
Não quero meia verdade,
Quero a história passa a limpo.

Eixo Excêntrico


Eixos Excêntricos 

A retórica é uma velha máquina desengonçada

movida por eixos excêntricos 

e alavancas de eixos deslocados, 

porém sua excentricidade funciona segundo a conveniência.

Diferente das máquinas previsíveis movidas a eletricidade.

Os bajuladores da velha máquina retórica

pensam que essa máquina 

possui pedigree feitos os gatos, os cães e os racistas,

não só os racistas declarados, 

mas também os da retórica do racismo, 

aqueles que fortalecem a retórica do racismo 

com uma nova forma de racismo 

que se justifica no racismo, 

ou  no que considerarem racismo. 

A velha máquina da retórica de eixos excêntricos

se alimenta eternamente de sofismas e silogismos. 

J.Nunes     

A segunda Chama de Buda

 




















A segunda Chama de Buda

Era voz de súplica, 

voz feminina;  

 a voz diante do Buda da segunda chama.

A voz de mulher voltou se para 

senhora de idade que varia o Templo,

reconheceu nela a manifestação divina.


Outra senhora apareceu,

de idade parecida se fez presente no pátio do Templo.

A voz feminina apelou a essa outra senhora

de aspecto mais nobre, parecia uma senhora monarca;

Ela disse a voz que não dissesse nada porque ela não ia ouvir,

o que restou foi a voz feminina desistir da súplica

e tentar compreender os símbolos do Templo. 


J.Nunes 

Retorno ao ponto de partida

Quando temos um propósito na vida, 

podemos avançar um pouco todo dia,

um pouco mais de estudo no próximo dia,

um pouco de exercício no próximo dia,

um pouco de esforço no próximo dia...

Assim construímos e avançamos...


Quando, além da vida comum, 

temos um propósito espiritual na vida,

também se avança um pouco a cada dia,

mas segundo nossos méritos...

porém é preciso aprender que todas as vezes,

e a cada momento  devemos retornar ao ponto de partida,

ao equilíbrio da unidade

que encontramos no silêncio da mente e no coração tranquilo.  

Acima vamos sempre avançando e retornando ao ponto de partida. 


J.Nunes 

De volta ao equilíbrio da unidade

 Não importa onde você vai,

não importa o que pensa ou fala,

não importa o que sente ou vive,

não importa suas ideologias,

não importa o quanto você se auto afirme,

não importa o quanto você se disperse,

não importa o quanto você se encontre,

não importa nada...; não importa onde você vai...,

terá sempre que voltar ao ponto de partida,

ao equilíbrio da unidade.

Primeiro é preciso voltar o silêncio na mente,

depois sentir o coração,

para que aparece novamente o ponto de partida. 

José Nunes Pereira 


O Iluminado

 Na cidade dos cegos

ninguém  acende a luz,

não percebem que é preciso acender a luz.

Os cegos não perceberam que suas cegueiras 

é por causa das luzes apagadas.

Os cegos da cidade não sabem que são cegos,

seus olhos veem as ilusões que suas mentes projetam.

Não quero guiar cegos, sendo eu um cego.

Cegos e surdos orgulhosos, vaidosos e pretensiosos guiam cegos.

Sou apenas um homem solitário tateando em um quarto escuro

procurando a luz. A luz que se acende dentro de nós. 

Quero ser apenas um humilde servidor da luz

e ouvir a voz do iluminado.

O iluminado nos alerta quanto aos cegos guia de cegos,

portanto quero distancia de ser guia ou guiado pelos cegos 

que veem o que suas mentes projetam.  


J.Nunes 

Relativismo das palavras


Preconceito

Se toda opinião contrária a sua é um preconceito,

E sua opinião é contrária a minha,

Logo sua opinião é um preconceito;

Caso contrário, a sua opinião

É uma imposição de quem deseja  acuar, subjugar

E tirar o direito de quem pensar e falar diferente de você. 

Desculpe o mal entendido,

Talvez a palavra tenha sido apenas esvaziada

ou relativizada. 

J.Nunes

Duas pessoas silenciosas

Forma de som O problema todo é existir..., saber que existo, ter consciência disso. Tentar não existir e ter consciência que existo, é tão c...